05
jul

2018

Invenções de colaboradores das Empresas Rio Deserto são premiadas

TAGS:

Capa_notícia_Engenhoca

Foram premiados com troféus e brindes, no mês de junho, os colaboradores das Empresas Rio Deserto vencedores do desafio “Mostre sua Engenhoca”. A iniciativa, que movimentou as unidades durante os meses de maio e junho, incentivou os colaboradores a apresentarem as invenções caseiras feitas com o reaproveitamento de materiais como garrafas pet, madeiras e outros. A ação marcou a Semana do Meio Ambiente.

Ao todo, 25 engenhocas foram inscritas. Em cada unidade uma ideia foi premiada, com exceção da Unidade de Extração Mina 101 e da Unidade Capivari de Baixo, em que dois projetos foram premiados tendo em vista o maior número de inscrições. A engenheira ambiental e uma das responsáveis pelas atividades da Semana do Meio Ambiente, Taíse Cancelier, explica que as Empresas Rio Deserto procuram inovar todos os anos. “Buscamos criar ações diferentes seja em meio às comunidades, seja com os colaboradores. Neste ano, sabendo da criatividade e talento dos colaboradores, decidimos motivá-los a mostrar invenções com materiais reciclados. O resultado foi excelente”, disse.

Vencedores de cada Unidade

Escritório Central
Invenção: Café na Terra
Colaborador: Gustavo Ronconi Scarabelot
Materiais utilizados: Sobras dos filtros de papel e do pó de café utilizado na copa do Escritório Central.
Explicação: Os filtros e o pó do café já utilizados são guardados em um recipiente e, posteriormente, misturados com outros materiais orgânicos para gerar adubo.

Unidade de Extração Mina Novo Horizonte
Invenção: Bebê a bordo
Colaborador: Priscila de Oliveira Patrício
Materiais utilizados: Sobras de sarrafo e forro.
Explicação: Uma cama de solteiro com adaptação pode se tornar um berço.

Unidade Metalúrgica
Invenção: Eco-planet
Colaboradores: Aguinaldo Rocha e Jaderson Marcos de Souza
Materiais utilizados: Cesto de máquina de lavar roupa, madeira, tubo de PVC, cimento, parafuso e tinta.
Explicação: É uma lixeira construída a partir de materiais recicláveis, sendo uma forma de preservar o meio ambiente e embelezar a cidade.

Unidade de Extração Mina Cruz de Malta
Invenção: Reciclagem de materiais
Colaboradores: Fernando Maria da Silva e Volnei Caetano
Materiais utilizados: Cano de PVC.
Explicação: Os materiais utilizados foram reaproveitados da própria unidade e transformados em vasos de flores e placas de identificação de estacionamento.

Unidade MPB – Correia Pinto
Invenção: Contenção de respingos de óleo do tanque de britadores
Colaborador: Dalmir Sandri
Materiais utilizados: Sobra de tela tamanho 300/250 mm.
Explicação: Contenção de respingos de óleo do tanque de britadores, evitando que os respingos de óleo nas laterais caiam no chão.

Unidade Capivari de Baixo
Invenção: Prensa manual para favos de mel
Colaborador: Gil de Aguiar Santos
Materiais utilizados: Cano PVC, parafusos do tirante, barra tirante lisa, chapa de ferro galvanizada, cantoneira e porca.
Explicação: A engenhoca serve para prensar os favos com mel de abelha. O mel escorre pelos furos feitos no cano de PVC e depois na calha feita com a chapa de ferro galvanizada. Depois o mel é coado e está pronto para o consumo. Os materiais utilizados foram reaproveitados do galpão da Unidade Capivari de Baixo, destruído por vendaval e que seria destinado para sucata.

Invenção: Mini fogão para acampamento
Colaborador: Jailson Rech Marcelino e João Batista Rodrigues
Materiais utilizados: Viga de sobra de construção, pedaço de chapa de aluzinco, disco usado de trator, recorte de eletrocalha, sobra de varão zincado.
Explicação: Fogareiro portátil que funciona com lenha.

Unidade de Extração Mina 101
Invenção: Meu Cantinho
Colaborador: Douglas Zeferino Soares
Materiais utilizados: Paletes usados, pregos enferrujados, correntes enferrujadas sem uso, grades de geladeira, caixa de painel elétrico sem uso, suporte de arame de solda mig, plantas, vasos para plantas, pedaço de madeira de carroceria de caminhão, tinta e pedaços de couro.
Explicação: Ficou um cantinho cheio de estilo e muito útil da casa, onde podem ser cultivadas plantas de chá, flores e temperos. Tem também um local para lixeira e um suporte para a mangueira.

Invenção: Suporte para xícaras
Colaboradores: Anderson, Eduardo e Jadson
Materiais utilizados: Palete, ganchos, parafusos e verniz.
Explicação: Suporte para xícaras / canecas.

TAGS:

fb-like
fb-share