Instituto Felinos do Aguaí, apoiado pela Rio Deserto, realiza evento e angaria fundos para construção de recinto


Instituto Felinos do Aguaí, apoiado pela Rio Deserto, realiza evento e angaria fundos para construção de recinto


O projeto de conservação ambiental Instituto Felinos do Aguaí, desenvolvido em parceria com a Rio Deserto, promoveu, no dia 14 de setembro, o Festival Musical Wiediistock. O evento aconteceu na sede do Instituto, em Siderópolis(SC), reuniu mais de 250 pessoas – entre crianças, jovens e adultos – e aliou arte, educação ambiental e música à conservação do Gato-Maracajá.

A bióloga, coordenadora do Projeto Felinos do Aguaí e idealizadora do evento, Michele Ribeiro Luiz, explica que a atividade foi um sucesso e integrou um público bem diversificado, todos em prol da conservação da natureza. “Além de reunir as comunidades, outro intuito do evento foi angariar recursos para dar início a construção do primeiro recinto para felinos silvestres da região Sul de Santa Catarina”, explica. Segundo ela, o recinto será extremamente importante para a região, já que ampliará o programa de pesquisa e educação ambiental do Instituto. “Ao mesmo tempo também servirá de apoio para a Polícia Militar Ambiental que, costumeiramente, recebe animais silvestres que precisam ser reintroduzidos na natureza”, justifica.

O nome Festival Wiediistock foi uma alusão ao famoso festival “Woodstock” (realizado nos Estados Unidos), associado ao nome científico do Gato-Maracajá (Leopardus Wiedii), motivo principal do festival. Além de shows com bandas locais, o evento também contou com peças teatrais, atividades como parede de escalada e outras ações.

Receba novidades diretamente em seu e-mail

Fique tranquilo, não enviaremos spam.