Publicado em: 17/06/2019

Meio ambiente: atividades escoteiras unem colaboradores e familiares de colaboradores da Rio Deserto


Meio ambiente: atividades escoteiras unem colaboradores e familiares de colaboradores da Rio Deserto


Uns aprenderam a fazer café mateiro, outros fizeram ovo no espeto, alguns se divertiram na carroça alemã, e teve ainda os que ficaram impressionados com as técnicas de nós e amarras. As atividades escoteiras, coordenadas pelo Grupo Escoteiro Aguaí, de Siderópolis (SC), marcaram o evento em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, da Rio Deserto, realizado todos os anos no mês de junho. Nesta edição, o propósito foi reunir colaboradores e familiares, na grande maioria pais e filhos, para uma manhã de vivências em meio à natureza.

Uma das organizadoras, a engenheira ambiental Taíse Cancelier, afirma que o evento superou as expectativas, sendo uma opção de diversão para toda a família. “Muitas pessoas nos parabenizaram pelo dia especial e ressaltaram o quanto os filhos ficaram maravilhados com as atividades”, disse. Segundo ela, o aprendizado uniu brincadeiras e temas ambientais, proporcionando excelentes resultados. “Tivemos a participação de muitas pessoas. Além disso, a ação envolveu desde as crianças com menos de 7 anos de idade (com piscina de bolinhas e cama elástica) até as crianças maiores, adolescentes e adultos, proporcionando interação entre todos”, disse.

Entre as atividades realizadas, destaque também para a apresentação da bióloga e coordenadora do Instituto Felinos do Aguaí, Michele Ribeiro Luiz, que falou sobre o Projeto Felinos do Aguaí. A iniciativa tem o apoio da Rio Deserto e é voltada à defesa do meio ambiente na região carbonífera sul catarinense, com ênfase para a proteção de felinos silvestres que estão entre as espécies mais ameaçadas do mundo.

Para o próximo ano, pretensão é realizar trilha ecológica

Para 2020, a pretensão é seguir realizando ações que unam colaboradores e familiares de colaboradores. “Estamos pensando em uma trilha ecológica. Há dois anos, fizemos meio percurso da Trilha dos Tropeiros, localizada próxima à Barragem do Rio São Bento, em Siderópolis (SC), e foi um sucesso. Provavelmente faremos algo neste sentido”, adiantou a engenheira ambiental, Taíse Cancelier.

Receba novidades diretamente em seu e-mail

Fique tranquilo, não enviaremos spam.