Rio Deserto é apresentada em programa da Polícia Militar Ambiental, realizado em escola de Treviso


Rio Deserto é apresentada em programa da Polícia Militar Ambiental, realizado em escola de Treviso


Os processos de extração e beneficiamento de carvão mineral, as técnicas de recuperação ambiental, a tecnologia, a inovação e a segurança foram aspectos da Rio Deserto apresentados aos cerca de 30 estudantes participantes do Programa Protetor Ambiental, realizado pela Polícia Militar Ambiental. O encontro aconteceu na Escola de Educação Básica Udo Deeke, em Treviso (SC), na terça-feira, 27, e foi ministrado pelo gerente da Unidade de Extração Mina Cruz de Malta, localizada no mesmo município, engenheiro mecânico Lander Gabriel de Bona, e pelo engenheiro ambiental/químico Felipe Medeiros Bertoncini.

Segundo o coordenador do programa, cabo Leandro Ghellere, a iniciativa da Polícia Militar Ambiental visa contribuir na formação da cidadania de jovens de 12 a 14 anos, auxiliando no desenvolvimento de uma sociedade norteada pela sustentabilidade e melhor qualidade de vida. “O programa tem carga horária de 180 horas de aulas teóricas e práticas, que envolvem temas como a ecologia, recursos hídricos, gestão de resíduos, gestão de flora e de fauna, legislação ambiental, unidades de conservação, entre outros”, explica. Conforme ele, a participação da Rio Deserto foi muito importante uma vez que os estudantes puderam conhecer mais sobre a atividade de mineração, tão presente no município.

O Programa

O Programa Protetor Ambiental é realizado anualmente em, pelo menos, um município da região sul catarinense. Neste ano, está acontecendo nos municípios de Treviso e de Maracajá. O intuito é que os jovens sejam multiplicadores dos conhecimentos adquiridos, levando para a comunidade, colegas de escola e familiares, a importância da preservação do meio ambiente para as presentes e futuras gerações.

Receba novidades diretamente em seu e-mail

Fique tranquilo, não enviaremos spam.